pedro@pedrowerner.com.br    |   

O que é blefaroplastia?

A cirurgia

O rosto é a região mais exposta do corpo e as pálpebras sofrem com os desgastes dessa exposição, bem como das ações do tempo. A blefaroplastia pode melhorar significativamente esse quadro, quando suaviza expressões e confere um aspecto mais rejuvenescido e descansado à região dos olhos.

Trata-se de uma cirurgia plástica que retira o excesso de pele, gordura e até de músculos excedentes das pálpebras, posicionado-as de forma que remova também algumas rugas. Por isso que o uso da toxina botulínica normalmente está associado ao procedimento, trabalhando tanto a pálpebra superior quanto a inferior.

A cirurgia costuma ser bem rápida, durando, em média, de 40 minutos a 1 hora - com anestesia local e sedação para maior conforto. Como se trata de uma operação simples, não exige internação e a pessoa é liberada algumas horas depois com orientação médica para o período de recuperação - que é um processo à parte.

A recuperação

O pós-operatório dura cerca de duas semanas, quando os primeiros resultados já podem ser vistos. Para que a conclusão cirúrgica seja efetiva, recomenda-se: compressas frias a fim de reduzir o inchaço dos olhos; evitar dormir de lado ou de bruços; não usar maquiagem na região operada; utilizar óculos de sol ou chapéu sempre que se expor ao ar livre durante o dia; usar pomadas à base de corticoide com antibiótico sobre os pontos cirúrgicos; proteger-se com protetor solar para que as cicatrizes não escureçam. As cicatrizes, aliás, ficam bastante discretas e são facilmente escondidas nas dobras da pele ou sob os cílios. Depois de um tempo, o paciente deve voltar ao médico para fazer revisão e retirar os pontos.

Após a cirurgia, o rosto normalmente fica inchado, com manchas arroxeadas e pequenos hematomas que vão desaparecendo aos poucos. Pode haver também consequências para a visão, mas é raro. Perda de foco e sensibilidade à luz nos primeiros 2 dias são os sintomas mais comuns.

A indicação

Normalmente indicada em caso de flacidez ou bolsas embaixo dos olhos, para homens e mulheres que se encontram em boa condição de saúde, a blefaroplastia objetiva atenuar a aparência de cansaço ou envelhecimento - comum em pessoas acima dos 40 anos. Mas não há exatamente uma idade correta para realização da cirurgia. Como a causa do problema pode estar inclusive relacionada a questões genéticas, o procedimento pode ser feito também em pacientes mais jovens - basta que se tenha expectativas realistas.

Importante: embora seja uma intervenção estética, a blefaroplastia deve ser realizada por um oftalmologista especialista em Plástica Ocular, pois a remoção do excesso de pele não deve prejudicar os movimentos palpebrais - tão importantes para a integridade dos olhos.

Fonte: Medical Site

05 de Dezembro de 2019